quarta-feira, 14 de julho de 2010

Vipera seoanei (Individuo melânico)


Fotografias de uma Víbora-de-Seoane tiradas em Melgaço (Alcobaça).
O melanismo é um fenótipo assim como o albinismo mas de características contrárias. Enquanto que os indivíduos albinos sofrem de ausência de pigmentação, nos melânicos os pigmentos são muito concentrados e os indivíduos são geralmente pretos.
Um caso comum e amplamente conhecido de melanismo é o dos jaguares que quando são melanicos chamam-se panteras negras. Nas populações de Víboras-de-Seoane existentes em Espanha encontram-se cerca de 30% de indivíduos melanicos, nas populações portuguesas nas serras do Soajo e Peneda cerca de 85% dos individuos possuem este fenótipo.

7 comentários:

Alberto Rivero Saeta disse...

Un exemplar precioso, parabéns e un saudo!

Anónimo disse...

Bom dia,

será que me pode indicar onde poderei encontrar o livro Atlas dos Anfíbios e Répteis de Portugal?

Obrigado.

AC

David Álvarez disse...

preciosa!!!

Anónimo disse...

Parabéns! Afinal sempre conseguiste! :) Assim que puder também quero ir lá procura-las.

Um abraço,

Marco Caetano

Luuuuuua disse...

super blog,bravoo

anarkista duval disse...

@AC

O Atlas penso que está à venda em livrarias, mas podes perguntar ao ICNB.

O meu comprei na Fnac.

Lemuel Silva disse...

Embora já tivesse visto fotografias de padrão melânico nesta espécie não fazia a mínima ideia que "afectava" nada mais nada menos que 85% dos exemplares portugueses. É um facto deveras curioso e uma informação bastante útil :)