quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Larva de Salamandra-de-pintas-amarelas (Salamandra salamandra)


As larvas das salamandras e dos tritões possuem brânquias para que possam respirar debaixo de água, mas à medida que as larvas se vão desenvolvendo estas começam a não ser suficientes para uma captação eficiente do oxigénio. Então quando as larvas têm os pulmões desenvolvidos começam a vir à superfície respirar com alguma regularidade.
Para respirar as larvas nadam até a superfície, inspiram, e deixam-se deslizar suavemente até ao fundo do lago, como esta que vemos na fotografia. Parecem personagens extraterrestres, com as pequenas partículas em suspensão a servir de estrelas!