quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Natrix maura



Fotografias de duas Cobras-de-água-viperinas tiradas em Évora (N. Sra. da Tourega).
A identificação de algumas espécies tanto de anfíbios como de répteis pode ser complicada dada a variedade de cores e padrões que apresentam. Ao contrário de outros grupos de vertebrados em que os indivíduos da mesma espécie tendem a ser semelhantes nos anfíbios e nos répteis existe uma grande plasticidade. Nesta fotografia estão duas cobras-de-água-viperinas uma com o padrão dito normal e outra com duas riscas, um padrão a que chamamos bilineata (bi - lineata, duas - linhas).