segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Pelobates cultripes (amplexo)

Fotografia de amplexo de Sapo de unha negra tirada Reserva Ornitológica de Mindelo.
Entre os anfíbios anuros (sem cauda) existem dois tipos de amplexos: axial e inguinal. O amplexo do sapo de unha negra é inguinal, ou seja, o macho segura a fêmea pela "cintura". Nestes casos os machos deslocam-se previamente para os lagos onde se reproduzem, e esperam pela chegada das fêmeas. Estas ao chegar ao lago escolhem o macho que mais lhes agrada e então reproduzem-se. No caso de anfíbios que utilizam o amplexo axial como é o caso do sapo comum, muitas vezes os machos agarram-se à fêmea muito antes desta chegar ao lago, aproveitando assim a boleia e garantindo a sua posição para a fecundação dos ovos.